Viajar é preciso
AMOR E DENDÊ À PRIMEIRA VISTA – BAHIA, NOSSO AXÉ!




 

Berço de grandes nomes da música brasileira e do próprio Brasil, a Bahia mostra, todos os dias, o que ela tem

 

O ano é 1500. Caravelas portuguesas saem de sua rota original e aproximam-se de terras desconhecidas. A expedição comandada por Pedro Álvares Cabral terminará. O nome das tais terras? Num primeiro momento, Terra de Vera Cruz. Mais tarde, Brasil. No local do desembarque português hoje fica Porto Seguro, cidade portuária que faz parte do estado mais amado por nós, brasileiros: a Bahia!

 

Quem foi, assina embaixo: basta pisar em terras baianas para que a vontade de voltar para a casa seja reduzida a zero. Riquíssima culturalmente - palco da festa mais popular do mundo, o Carnaval -, dona de uma culinária “porreta” e de um povo acolhedor, que vê a vida de uma forma mais leve, divertida, beeeem sem pressa – porque afinal de contas, a pressa é a inimiga da perfeição e de perfeição, minha gente, esse pedacinho do paraíso entende bem –, a Bahia é o destino preferido dos turistas brasileiros e chega a receber, anualmente, mais de 11 milhões de “forasteiros”.

 

Entre os destinos mais procurados estão a própria Porto Seguro, a capital Salvador, Itacaré, Trancoso, Morro do São Paulo, Ilhéus e Caraíva. Entretanto, bom mesmo é explorar novas rotas, certo? A equipe da Revista TUdo pensa o mesmo e, partindo deste princípio, preparou um roteiro com três cidades baianas que estão despontando agora no circuito turístico.

 

Entre elas está a Vila de Santo André, escolhida como “morada” da delegação alemã durante a Copa do Mundo de 2014, disputada no Brasil.  Um lugar que, modéstia à parte, deixaria a locação do filme “A Lagoa Azul” – clássico exibido na Sessão da Tarde, da Rede Globo – no chinelo.

 

Ah! Antes de embarcarmos nesta viagem, é importante ressaltar que o preço da passagem de ida e volta pela CVC Viagens de São Paulo x Salvador está saindo por 510 reais (com as taxas). Nada mal, não? Agora sim: vamos nessa!

 

VILA DE SANTO ANDRÉ

 

Quando a seleção alemã desembarcou no Brasil para disputar a Copa do Mundo de 2014, certamente não imaginou que, durante a busca por um local para que o time pudesse montar sua base, conheceria um dos pedacinhos mais bonitos da Bahia: a Vila de Santo André.

 

A meia hora de Porto Seguro, a pitoresca vila de pescadores, com pouco mais de 800 habitantes, é cercada por barquinhos coloridos, casas e pousadas ao pé da areia e um mangue que dá um ar ainda mais natural ao destino; um verdadeiro refúgio. Nossa dica é que você prefira os meses de agosto e setembro para conhecê-la, já que a época condiz com um tempo mais ameno e agradável para explorá-la.

 

Como chegar

O aeroporto mais próximo de Santo André fica em Porto Seguro. Dali são 25 km até Santa Cruz de Cabrália - ponto de partida para a vila - onde se pega uma balsa que leva 10 minutos para atravessar o rio João de Tiba. Ao atravessar, são menos de 2 km até o destino final.


Valores

O transfer do Aeroporto de Porto Seguro à Vila de Santo André sai entre 160 e 180 reais, em centrais como a Taxi Service Porto Seguro, Táxi Porto e Táxi Santo André. Já a balsa funciona das 6h às 0h30. Das 6h às 19h a travessia é feita a cada meia hora, partindo das duas margens. Das 19h30 às 0h30 há uma balsa por hora - de Cabrália para Santo André às 19h30, 20h30, 21h30, 22h30, 23h30 e 0h30; de Santo André a Cabrália às 20h, 21h, 22h, 23h e 0h. A travessia custa 8 ,50 por veículo ou 80 centavos por passageiro a pé.

 

Taxi Service Porto Seguro - (73) 3288-0724 ou (73) 9934-2090

Táxi Porto - (73) 3575-2559 ou (73) 9932-5545

Táxi Santo André - (73) 3671-4043 ou (73) 9979-4672

 

Recarregando a bateria  
Villa Campo Bahia
– Durante a estadia da seleção alemã em terras brazucas, o luxuoso hotel Campo Bahia foi o local onde a equipe se hospedou. A propriedade funciona como um condomínio de casas de alto padrão, ou vilas, de 4 e 6 quartos cada uma, com serviço de hotelaria. Entre os pequenos luxos oferecidos pelo local estão SPA, praia privativa e centro de bem-estar. Além disso, o hotel possui instalações para esportes aquáticos. As atividades da área incluem pesca, mergulho com cilindro e com snorkel. O preço para viver uma temporada como um verdadeiro marajá? Mil reais por dia.
Vá lá:
Avenida Beira Mar, 1885 - Santo André, Santa Cruz Cabrália
Site:
campobahia.com/pt
Telefone:
(73) 3162-4690

Calma, gente! Quem não está “podendo” tanto assim, encontra no nosso APP hotéis bem gostosos a partir de 163 reais a diária.

 

Tour gastronômico

Gaivota – Quer ver um pôr de sol exuberante? A varanda do restaurante Gaivota é um ótimo lugar! Além da vista privilegiada, o local oferece um cardápio “daqueles”. A moqueca de camarão é o carro chefe e sai por 120 reais para duas pessoas.
No APP da TUdo têm outras opções. Baixe agora.

Batendo perna
Praia é sinônimo de quê? Passeios fluviais! Frete um barco e vá “nadando” conhecer os Corais de Araripe, onde dá para mergulhar. Para os endinheirados as dicas são: cavalgada e pesca oceânica em busca do marlim azul. No mais, bastante sombra, água fresca e pernas para cima.

MATA DE SÃO JOÃO

Imagine quase 30 km de praias praticamente desertas, cercadas por dunas, restingas, lagoas, riachos e cachoeiras. Imaginou? Pois esse paraíso existe e tem nome e sobrenome: Mata de São João, cidade que faz parte da região metropolitana de Salvador. É neste lugar paradisíaco que se encontram as praias do Forte, Santo Antônio, Imbassaí e a badaladíssima Costa do Sauipe. Não bastasse o cenário incrível, a cidade ainda abriga um patrimônio histórico riquíssimo, além de ser sede do Projeto Tamar, iniciativa de estudo e preservação de tartarugas marinhas, conhecido mundialmente. O verão é a melhor época para visitá-la, já que é neste período que os biólogos do projeto auxiliam os filhotes de tartaruga a chegarem ao mar. A cena é memorável!

Como chegar

O aeroporto de Salvador fica a 55 km de Mata de São João. O acesso é feito pela Estrada do Coco (BA-099), administrada pela CLN e está muito bem conservada. Há pedágio para carros de passeio que vão de 6,40 reais em dias úteis a 9,70 reais nos finais de semanas. Uma ótima opção de transfer é a Grou Turismo. O valor de ida e volta é de 170 reais. Se você contratar só a ida ou volta, o valor fica em 110 reais.

 

Repondo as energias

Opções a partir de 571 reais no APP da TUdo. Baixe agora!

 

 

Tour gastronômico

 

Mar Aberto -  Comer de frente para o mar? Confere! O Mar Aberto é nota 10 em atendimento, boa comida, além da vista, claro! Nossa dica? O risoto de camarão. Delicioso! O prato sai 80 reais para duas pessoas.

Confira opções deliciosas no aplicativo mais badalado do momento. Digite Revista Tudo no Google Play ou App Store.

 

Batendo perna

Atrações é o que não faltam em Mata de São João. De vilas históricas à praias badaladíssimas, a cidade é um polo cultural incrível. Se você adora Arte Sacra, não deixe de visitar a Igreja do Bonfim de Mata de São João. Construída entre 1756 e 1758, conforme promessa de um comerciante da região por ter sobrevivido a uma tempestade em alto mar, ela também tem a sua Festa do Bonfim, assim como Salvador, com cortejo de baianas e outros ritos. Agora, se você for um(a) apaixonado(a) por animais, vai adorar conhecer os Projetos Tamar, responsável por estudar e preservar tartarugas marinhas, e o Baleia Jubarte, que monitora e protege baleias jubartes que migram, todos os anos, para as águas quentes da Bahia.

 

 

JANDAÍRA - MANGUE SECO

 

O nome “Tieta do Agreste” te remete algo? Se a resposta for sim, saiba que o nosso terceiro e último destino, Jandaíra, foi palco do célebre romance do escritor Jorge Amado. O vilarejo de - pasme - 200 habitantes é ideal para repor as energias, um baita sossego, já que só é possível chegar até lá de barco. Além disso, o município concentra 20% das cavernas em zona de proteção do Ibama, o que faz disso uma das suas principais atrações.  Mas como comentamos, em Jandaíra o melhor mesmo é ir para descansar. Em dois dias, é possível curtir a calmaria e conhecer toda a península. Então o destino é ideal para quem tem pouco tempo de férias.

 

Como chegar

De Salvador à Jandaíra são aproximadamente 300 km. Vale alugar um carro (em média, 150 reais) e fazer o trajeto desta forma. Veja como fazer: saindo de Salvador, siga pela Linha Verde até o Km-173 e entre no acesso para o Povoado Costa Azul. Saindo da rodovia, são aproximadamente 15 km de estrada de terra até o povoado. Assim que avistar o Povoado Costa Azul, vire à esquerda, sentido Povoado Coqueiro. Ao chegar a Coqueiro, caso seu carro não tenha tração, você não vai conseguir avançar rumo a Jandaíra. Mas calma: existem dezenas de bugueiros que fazem o trajeto por 80 reais.

 

Chega a hora do descanso

Village Mangue Seco - Excelente localização, donos super atenciosos, acomodações aconchegantes (todas de frente para o mar), café da manhã farto, piscina climatizada, quadra poliesportivas… Sem dúvidas, o Porta do Mar é uma ótima opção para toda família. Diárias a partir de 245 reais.

Vá lá: Praia da Costa, s/n - Mangue Seco, Jandaíra - BA

villagemangueseco.com.br/

Telefone: (79) 3224-2965

Mais hotéis e pousadas no APP da Revista TUdo.

 Tour gastronômico

 Paraíso dos Camarões - Como o próprio nome remete, o restaurante é mesmo um verdadeiro paraíso desses deliciosos crustáceos. Não deixe de provar a moqueca, um dos carros chefes do local. De-li-cio-sa! O prato custa 60,00 e serve duas pessoas.

Opções – inclusive com rede para descansar depois do rango, você encontra no APP.

 

Batendo perna

A melhor parte de ir à Jandaíra são os passeios de buggy, sem dúvidas! São duas opções: a opção mais em conta faz parada no Mirante Bela Vista e nos Coqueiros Romeu e Julieta e finaliza no banho de mar na praia de Mangue Seco. O passeio dura cerca de 20 minutos e custa 90 reais. A segunda opção e a melhor, diga-se de passagem; dura cerca de 45 minutos, tempo ideal para curtir os melhores atrativos, sem pressa, e custa 130 reais.

 





 
PORTOFINO, AMORE MIO!



Considerado patrimônio da humanidade pela UNESCO, o pequeno e luxuoso vilarejo italiano é reduto de celebridades e paisagens paradisíacas

Já imaginou cruzar com seus artistas preferidos em suas próximas férias? Se o destino escolhido for a bela e luxuosa Portofino – vila portuária localizada na região de Genova, na Itália – as chances de isso acontecer são bastante altas.

Com pouco mais de 500 moradores, o destino está localizado numa das regiões mais pitorescas da Itália e faz parte de um mundo exclusivíssimo – o de ricos e famosos –, sendo considerado o preferido de nomes como George Cloney, Tom Cruise, Jennifer Lopez, Beyonce e Madonna. A diva pop, inclusive, celebrou seus 50 anos em solo portofinense.

Vale ressaltar que esses são os que vêm a passeio; outros possuem suas próprias vilas em Portofino. É o caso do estilista Giorgio Armani e da dupla Domenico Dolce e Stephano Gabbana.

O pontapé inicial para que a pacata vila de pescadores se tornasse refúgio de grandes nomes da música e do cinema começou na década de 60, com a vinda de figurões como Brigitte Bardot, Frank Sinatra, Jacqueline Onassis e Elizabeth Taylor. O “fino” do nome vem de “delphinus” – golfinho em latim –, figura carimbada nas águas da região.

Por ser reduto de figuras ilustres, Portofino é um destino caríssimo. Por outro lado, nada impede que turistas do mundo inteiro o conheçam de passagem, afinal, dá para ir de ponta a ponta em poucas horas: a pé ou de bike – o visual, diga-se de passagem, é de cair o queixo. Para os apaixonados, é um ótimo destino para a lua de mel. Aventureiros e mergulhadores passam bem também. Um dos programas mais famosos neste sentido é emergir a 17 metros de profundidade para conhecer a escultura de bronze Cristo Degli Abissi, de dois metros e meio de altura. Construída em 1954, ela foi colocada no fundo da baía de San Fruttuoso, entre Camogli e Portofino, onde morreu Dario Gonzatti, o primeiro italiano a usar equipamentos de mergulho. Quem prefere apenas relaxar e se refrescar, a praia de Paraggi – única e paradisíaca – é uma ótima pedida.

Outros pontos que merecem destaque no quesito “bater perna” são as visitas ao Castello Brown – forte genovês do século XV convertido em mansão por um diplomata inglês e, depois, em museu.

Dica: mais do que pelas exposições, vá pela vista surreal; os olhos alcançam a Igreja de São Jorge – que guarda como relíquias restos mortais do santo cavaleiro, trazidos durante as Cruzadas – e o farol de Punta del Capo.

Ansiosos para saberem mais? Respirem fundo, apertem os cintos e:

Benvenuto!

O MUNDO COMO QUINTAL

Com dezenas de carimbos no passaporte, a publicitária e blogueira catarinense Juliana Guimarães, dona do blog de viagens “Eu Ando Pelo Mundo”, está acostumada a rodar pelo globo em busca de novas experiências. Atualmente, morando em Zurique, na Suíça, Juliana considera a Itália um de seus destinos preferidos. Ela visita o país em formato de bota frequentemente e esteve em Portofino no ano passado. Para ela, apesar do custo alto do local, é possível conhecê-lo sem ter de voltar completamente no vermelho. “Como Portofino é pequena, dá para conhecê-la em pouco tempo. Minha dica para quem for é mergulhar na cultura local, conversando com moradores ou visitando pontos turísticos. Dessa forma, dá para sondar melhor as várias opções gratuitas que a vila possui e, de quebra, fazer boas amizades. Aliás, isso é o melhor em qualquer viagem, sem dúvidas”, conta. Como boa blogleira, ela nos deu dicas para curtir a vila (e seus arredores) numa boa. Separamos algumas delas:

- Para chegar a Portofino por terra é necessário passar por dentro da cidadezinha de Santa Margherita Ligure. Se tiver tempo, pare. É uma graça! Você não vai se arrepender.

- Dicona! No mês de abril (programe-se para 2018) acontece uma festa tradicionalíssima na Piazzetta [praça central]. É a fogueira de San Giorgio, que antecipa o domingo religioso em homenagem à padroeira de Portofino. A fogueira é acesa em frente ao mar, com muita gente, muita música e peixe grelhado a rodo.

- Se tiver pique, faça a caminhada entre Portofino e San Fruttuoso. Mas ó: esta é uma caminhada de cerca de três horas e subidas moderadas. Portanto, só faça se você tiver certeza de que aguenta e que possui reserva de água na mochila.

Anotou?

DESEMBARQUE
As passagens áreas (ida e volta) de São Paulo para Gênova saem por 3502 reais pela CVC Viagens. Para chegar ao paraíso portofinense, há opções de ônibus que saem a cada 20 minutos da estação de trem Santa Margherita (conectada a Gênova) por 2,50 euros. No verão, é possível pegar ferry boats a 5,50 euros que fazem a ligação entre todo o Golfo Paradiso e Gênova. Se preferir, alugue um carro. O aluguel sai por cerca de 29 euros a diária.

HOSPEDAGEM
Para quem está podendo
Belmond Splendido Mare – Glamour é pouco! Com diárias que podem ultrapassar os 2 mil reais, o Splendido é um dos hotéis mais luxuosos da Itália. Além de toda popa e finesse, o que nos chamou a atenção foi os seis programas exclusivos para o público feminino – inspirados nos cinco sentidos – oferecidos pelo local. Em “Paladar”, por exemplo, o chef Roberto, do restaurante Chuflay, ensina a fazer o típico pesto italiano em uma aula que tem o apropriado nome de Pesto Show. Em “Audição”, é possível ouvir o barulho das ondas em alto-mar a bordo do barco Chris Craft, com direito a degustação de champanhe. Em “Olfato”, outro passeio de barco, mas desta vez em um típico de pescador, onde o próprio capitão irá cozinhar para a passageira. “Visão” consiste em um curso com a artista plástica Raffaella, nascida e criada em Portofino, que ensina a pintar a bela paisagem da região com aquarela. “Tato” é um tour de compras pela cidadezinha, com a descoberta de achados locais como artesãos especializados em veludo. Há, ainda, um último programa: “Sexto Sentido”, ritual completo de relaxamento que inclui um chá da tarde com pães e doces caseiros, além de uma tarde no spa, com massagens nos pés e nas costas. Delícia!

Tão bons quanto
Veja outros hotéis a partir de 362 reais.


PARADA GASTRÔNOMICA
Preços a partir de 110 reais.

Taverna Del Marinaio - Está em uma localização privilegiada, próximo ao porto. Das mesas, observa-se a chegada dos barcos e o pôr do sol. A comida é excelente! Peça o pene taverna – especialidade da casa – ou o escalope de limão. De comer rezando! Pratos a partir de 114 reais.

Trattoria Tripoli – Tradicional e comandado pela mesma família há três décadas, oferece pratos típicos italianos à base de frutos do mar. Peça o espaguete ao pesto com camarões e de sobremesa, o tiramissú. Deliciosos! Pratos a partir de 122 reais.

O Magazin – Super gostoso e de localização privilegiada, oferece pratos à base de frutos do mar excelentes, possui uma ótima adega e um atendimento de prima. Experimente o “joint frito” (marisco fresco frito misto) com camarões, anchovas, lula e outros tipos de mariscos. Demais! Preços a partir de 110 reais.

Ristorante Puny – É conhecido por serviço eficiente e cordial, a localização privilegiada de frente para a marina e, é claro, pela comida. O carro chefe, um risoto de camarão ao curry é imperdível! Preços a partir de 150 reais.

DANDO UMA VOLTINHA
Para os baladeiros de plantão, é importante frisar que Portofino não possui balada, mas, há música ao vivo nos restaurantes da Piazzetta aos finais de semana. Se você gosta de clubes/baladas, a mais perto está em Paraggi, e se chama Carillon Club. Esse é o lugar que o pessoal mais recomenda para os turistas. Fica a 30 minutos de caminhada da vila Portofino.

Para quem gosta de comprar e está disposto a gastar, as feirinhas onde os moradores expõem seus trabalhos são a melhores opções. Para os endinheirados, Louie Vitton, Gucci e outras grifes famosas fazem parte do circuito de compras do local.

Para quem curte arte sacra, não deixe de dar um pulo nas igrejas da região; algumas datadas do século XI. O importante é que, independente do seu estilo de viagem ou personalidade, neste pequeno pedaço do paraíso com certeza terá a opção perfeita para você. 


 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 25

Indique !